MENU
on line 13, 14 e 15 de abril 12 Palestrantes Até 300 Assistentes


II Congreso: "En Teoría hay mujeres (en teoría)".

13, 14 e 15 de abril



O II Congresso "II Congresso: En Teoría hay mujeres (en teoría)" é a contribuição da Cátedra de Cultura Jurídica para dar continuidade à primeira edição, que teve lugar na Universidade Pompeu Fabra nos dias 27 e 28 de setembro de 2018, atingindo um alto nível acadêmico um grande impacto nacional e internacional. A iniciativa, resultado da colaboração entre um grupo de pesquisadoras em filosofia do direito da Universidade Pompeu Fabra e da Universidade de Girona, é uma maneira essencial de reverter a sub-representação das mulheres no campo da filosofia do direito e promover a formação de redes de pesquisadoras e professoras para reforçar a visibilidade dos seus trabalhos.

Infelizmente por causa da pandemia do Coronavirus nesta ocasião o encontro terá de ser feito na rede nos dias 13, 14 e 15 de abril.  A Cátedra de Cultura Jurídica confia que mesmo assim tenha um gran sucesso e consigua convocar um gran numero de estudantes, professores e profissionais interessados ​​em analisar diferentes aspectos teóricos e aplicados da filosofia e teoria do direito. O congresso contará com palestrantes e colegas de renomadas universidades de países como Argentina, Chile, Espanha, Itália e Reino Unido.

Os objetivos dessa segunda reunião são os seguintes:

  • Promover a visibilidade das mulheres que pesquisam e ensinam teoria do direito e valorizando seu trabalho.
  • Estabelecer redes de contatos entre mulheres dedicadas à teoria do direito.
  • Posicionar a Universidade de Girona como uma universidade de referência não apenas em relação à teoria do direito, mas também em questões de gênero
A inscrição é gratuita e imprescindível para obter, pocos dias antes do congresso, o correio con o link para assistir telematicamente. 
15:00 - 15:15  Palavras de apertura
15:15 - 17:15 Teoria do direito
Palestrante: Maris Köpcke (Universitat de Barcelona): "Los orígenes de la validez juridica". 
Contrapalestra: Natalia Scavuzzo (Università degli Studi di Genova)
Coordina: Lorena Ramírez (Universitat Pompeu Fabra)
17:30 - 19:30 Filosofia do direito privado
Palestrante:  María Guadalupe Martínez  Alles (Universidad de San Andrés):
"La dimensión retributiva del derecho de daños. La perspectiva de la víctima".
Contrapalestra:  Magdalena Bustos (Universidad de Chile)
Coordina:  Margarita Martínez (Universitat de Girona)
15:00 - 17:00  Filosofia del derecho internacional 
Palestrante: Patricia Mindus (Uppsala University):
"A Philosophical Turn in Migration Theory"
Contrapalestra: Laura Sánchez de la Sierra (Universitat Pompeu Fabra) 
Dirige:  María Victoria Kristan (Universitat Pompeu Fabra)
17:15 - 19:30 Racionalidade legislativa
Palestrante:  Gema Marcilla (Universidad Castilla-La Mancha): "La configuración de los delitos sexuales: un reto para la racionalidad legislativa".
Contrapalestra:  Roberta Simões Nascimento (Universidad de Brasilia)
Dirige:  Carolina Fernández Blanco  (Universitat de Girona)
15:00 - 17:00  Filosofia do direito internacional
Palestrante: Patricia Mindus (Uppsala University):
"A Philosophical Turn in Migration Theory"
Contrapalestra: Natalia Catro Niño (Universidad Externado de Colombia)
Dirige:  María Victoria Kristan (Universitat Pompeu Fabra)
17:15 - 19:15 Direito e género
Palestrante:  Isabel Fanlo Cortés (Università degli Studi di Genova): 
""Madres forzadas. Una lectura iusfeminista del debate sobre el aborto".
Contrapalestra:  Paola Bergallo (Universidad Torcuato Di Tella)
Dirige:  Laura Manrique (CONICET - Universitat de Girona)
Veja aqui o fundo que a Biblioteca da Universidade de Girona compilou relativo à prova e a o raciocínio probatório com motivo do Congresso Mundial de Raciocínio Probatório.

Palestrantes

Marina Gascón (Universidad de Castilla-La Mancha)

Leia mais

Marina Gascón (Universidad de Castilla-La Mancha)

Professora de Filosofia do Direito na Universidade de Castilla-La Mancha e diretora do Mestrado em Direito da Saúde e Bioética. Colabora em programas de pós-graduação em universidades espanholas, italianas e de América Latina. Tem centrado a sua investigação na filosofia política, bioética, justiça constitucional e teoria de argumentação, com especial atenção para no raciocínio probatório. As suas publicações neste campo são: “Los hechos en el Derecho. Bases argumentales de la prueba”  (1999); “Sobre la Posibilidad de Formular Estándares de Prueba”(2005); “Freedom of Proof” (2005); “Prueba del nexo causal en la responsabilidad por daños” (2009); “Razones científico-jurídicas para valorar la prueba científica: una argumentación multidisciplinar” (2010); “Prueba científica: mitos y paradigmas” (2011); “Conocimientos expertos y deferencia del juez” (2016).
.

Patricia Mindus (Uppsala Universitet)

Leia mais

Patricia Mindus (Uppsala Universitet)

Patricia Mindus é professora de filosofia prática e diretora do Uppsala Forum for Democracy, Peace and Justice. Também a primeira professora de filosofia prática da Universidade de Uppsala desde a sua fundação em 1477. Suas linhas de pesquisa são realismo jurídico, a teoria da democracia e da imigração. Sua pesquisa atual é sobre políticas de cidadania e imigração na UE, com uma perspectiva de teoria política e jurídica. Tem desenvolvido a teoria do funcionalismo da cidadania e atualmente é membro da Academia Wallenberg. É presidente da URA sueca e é editora de seção da Enciclopédia de Filosofia do Direito da URA. Tem escrito um livro sobre o fundador do realismo escandinavo que foi amplamente reconhecido. O seu  mais recente é sobre cidadania europeia depois do Brexit. 


Isabel Fanlo Corts (Università degli Studi di Genova)

Leia mais

Isabel Fanlo Corts (Università degli Studi di Genova)

Gema Marcilla (Universidad de Castilla-La Mancha)

Leia mais

Gema Marcilla (Universidad de Castilla-La Mancha)

María Guadalupe Martínez Alles (Universidad de San Andrés)

Leia mais

María Guadalupe Martínez Alles (Universidad de San Andrés)

María Guadalupe Martínez Alles 

 profesora en el IE University de Madrid y profesora visitante de derecho en la Universidad Nacional de Córdoba (Argentina). Se desempeñó como relatora en el ámbito del Poder Judicial de la Provincia de Córdoba, realizó tareas de asesoría legal en el Área Jurídica de la Agencia Córdoba de Inversión y Financiamiento y trabajó en el Departamento de Legales del Banco Interamericano de Desarrollo en Washington D.C.

Sus más recientes artículos publicados son: “Moral Outrage and Betrayal Aversion: The Psychology of Punitive Damages” en Journal of Tort Law, Volume 11, Issue 2, publicado en 2018; “Punitive Damages: Reorienting the Debate in Civil Law Systems” en Journal of European Tort Law, Volume 10, Issue 1, publicado en 2018, "La Dimensión Retributiva del Derecho de Daños. La Perspectiva de la Víctima" en la compilación de ensayos editada por J.A. Amado y D.M. Papayannis "Dañar, Incumplir y Reparar. Ensayos de Filosofía del Derecho" Ed. Palestra 2020 y “Tort Remeïs as Meaningful Responses to Wrongdoing” en el llibre Civil Wrongs and Justice in Private Law, editat per Paul B. Miller & John Oberdiek, en l'editorial Oxford University Press 2020. 


Maris Köpcke (Universitat de Barcelona)

Leia mais

Maris Köpcke (Universitat de Barcelona)

Contrapalestrantes

Flavia Carbonell Bellolio (Universidad de Chile)

Leia mais

Flavia Carbonell Bellolio (Universidad de Chile)

Flavia Carbonell Bellolio é Licenciada em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de Concepción (2002) e Advogada (Corte Suprema, 2003). É Doutora em Direito, Universidade Carlos III de Madrid (2013). Conta ainda com um Mestrado em Direito Público (Universidade Carlos III de Madrid, 2007); um Diploma em Direito Constitucional e Ciência Política (Centro de Estudos Políticos e Constitucionais, Espanha, 2006); e uma Especialidade em Argumentação Jurídica, (Universidade de Alicante, 2004). Em reconhecimento à sua tese de doutorado, obteve o Prêmio Extraordinário de Doutorado 2012-2013 (Universidade Carlos III de Madrid, dezembro de 2013). Além disso, obteve o prêmio de melhor trabalho de pesquisa em Direito (Centro de Estudos Políticos e Constitucionais, outubro 2006) e o prémio “Gustavo González Parada” à melhor prática profissional (Corporação de Auxílio Judiciário, Oitava Região, maio de 2004). Atualmente atua como acadêmica e pesquisadora da Faculdade de Direito da Universidade do Chile (Departamento de Direito Processual) e como Coordenadora Acadêmica do Programa de Doutorado em Direito. Suas principais linhas de investigação são a argumentação jurídica, raciocínio judicial, ideologia e comportamento judicial, presunções, prova, recursos e erro e teoria geral do processo. Suas últimas investigações Fondecyt levam por título "Os considerandos da política. Um estudo empírico das argumentações ideológicas na jurisprudência da sala constitucional e contencioso-administrativa da Corte Suprema" e "Erro e processo judicial".


Roberta Simões Nascimento (Universidad de Brasilia)

Leia mais

Roberta Simões Nascimento (Universidad de Brasilia)

Roberta Simões Nascimento é doutora Cum Laude em Direito pela Universidade de Alacant/Alicante (Espanha).  Doutora e Mestre pela Universidade de Brasília. Professora ad honoren da Universidade de Brasília. Advogado do Senado Federal no Brasil desde 2009


Magdalena Bustos (Universidad de Chile)

Leia mais

Magdalena Bustos (Universidad de Chile)

Paola Bergallo (Universidad Torcuato di Tella)

Leia mais

Paola Bergallo (Universidad Torcuato di Tella)

Natalia Scavuzzo (Università degli Studi di Genova)

Leia mais

Natalia Scavuzzo (Università degli Studi di Genova)

Doutoranda em Filosofia do Direito e Bioética Legal pela Universidade de Gênova, Itália. Advogada e Mestre em Direito e Argumentação Jurídica, ambas graduações obtidas na Faculdade de Direito e Ciências Sociais da Universidade Nacional de Córdoba, Argentina. Membro da equipe editorial da revista "Analisi e diritto". Atualmente sob contrato de pesquisa no Instituto Tarello de Filosofia do Direito da Universidade de Gênova. Seu trabalho de pesquisa centra-se na análise do discurso normativo, o estatuto epistemológico da ciência do direito e questões de metodologia na teoria do direito.

Natalia Castro Niño (Universidad Externado de Colombia)

Leia mais

Natalia Castro Niño (Universidad Externado de Colombia)

Inscrição